13 de maio de 2006

"A energia vem do coração,

e a alma não se entrega não..."

Ocupada demais, deixei passar batido algo que considero de grande relevância, a data que marca o 13 de maio. “Libertar os escravos”, diriam eles numa crise moral. Talvez desejassem libertar as consciências católicas. Capturar, aprisionar, torturar, comercializar pessoas não deveria ser peso fácil de carregar. A proclamação da liberdade existiu - literalmente, abriram as portas, soltaram as correntes e jogaram nas margens os miseráveis, alienados pelo sofrimento. A verdade é que continuamos escravos. A casa grande cresce ao poucos majestosa e vertical. Enquanto na horizontal a senzala se amplia desordenadamente, inclinando cada vez mais pra baixo.

- Nos resta cantar: Palmares 1999, Natiruts.

A cultura e o folclore são meus. Mas os livros foi você quem escreveu. Quem garante que palmares se entregou. Quem garante que Zumbi você matou. Perseguidos sem direitos nem escolas. Como podiam registrar as suas glórias. Nossa memória foi contada por vocês, e é julgada verdadeira como a própria lei. Por isso temos registrados em toda história, uma mísera parte de nossas vitórias. É por isso que não temos sopa na colher e sim anjinhos pra dizer que o lado mal é o candomblé.

- Os paulistanos reclamam dos últimos dias, mas:

Quem planta preconceito, racismo, indiferença. Não pode reclamar da violência. - Lembra da criança no sinal pedindo esmola, não é problema meu, fecho o vidro vou embora. Lembra aquele banco ainda era de dia, têm preto lá na porta, avisem a polícia. E os milhões e milhões que roubaram do povo, se for político ou doutor serão soltos de novo. Quem planta preconceito, racismo, indiferença. Não pode reclamar da violência. Quem planta preconceito, impunidade, indiferença. Não pode reclamar...

Crianças não nascem más, crianças não nascem racistas.

Crianças não nascem más, aprendem o que a gente ensina.

2 comentários:

Alex disse...

CONCORDO QUE TUDO QUE OCORRE HOJE EH DECORRENTE. O PIOR EH NAUM IMAGINAR COMO VAI SER ADIANTE. OS DIAS TÊM SE DESENHADO FEIOS.
QUANTO A TU. ACHO BELA. TRAZ UM POUCO DE TUDO. COMO SERÁ QUE VIRÁ AMANHÃ? OTIMA SEGUNDA. UM BJO SAUDOSO JÁ.

nunocavaco disse...

A verdade falar é que todos somos responsáveis, a consciência disso é que poucos têm. Mas estas mensagens têm o poder de despertar o sentido de justiça que existe em nós.