nesses momentos lembram de mim. eu, pouco sobro. choro fácil, me jogo no chão. consumida, queimo. minha pele lúgubre morre no tempo. o morto, todos velam. e eu por enquanto, fico assim: vela.

9 comentários:

Sandrio cândido. disse...

Intrigante

M. disse...

adorei.

Alien David Sousa disse...

Só mesmo conhendo essa cabecinha é possível retirar o sentido das palavras, mesmo assim, não é trabalho fácil nem para qualquer um.

Beijos meu guaraná fresquinho

Náh disse...

Olá, passei aqui, gostei e comentei... Quando tiver um tempinho passa no meu: http://rebellionlie.blogspot.com
Beijos.

Náh disse...

Olá, passei aqui, gostei e comentei... Quando tiver um tempinho passa no meu: http://rebellionlie.blogspot.com
Beijos.

Anita Relva disse...

Forma as palavras com o que sente. Quem passa e lê, sente junto.

jubaliana disse...

um textinho para se guardar. adorei.

jubaliana disse...

um textinho para se guardar. adorei.

Serrano disse...

Que é isto, cara?!