amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão = amarga liberdade = doce solidão =

4 comentários:

Felipe A. Carriço disse...

Retrato de uma vida despetalada.

Alien David Sousa disse...

No ouvido? lol Bem vou ter de ir rapidamente à minha ginecologista para que esta me confirme se o meu ainda se encontra lá por baixo lol

Doidinha , beijinhos

∑S∑ disse...

:-P

quietinha vc tá.

Marcelo Novaes disse...

Iasnara,




Pode deixar. A equação está bem guardada.



;)





Beijos,









Marcelo.