diariamente a possibilidade da escolha. aprenda a jogar.

5 comentários:

Tiago Moralles disse...

Sensacional. Que essas cartas poderiam me revelar?

Iasnara disse...

vc precisa escolher uma.
ah! e sem mágica!

Fabio disse...

Ultimamente, ando jogando bastante, trapaceando pouco e perdendo muito. Minha vitória é esse troféu enorme, esse luminoso de letras garrafais que, bem acima da minha cabeça, pisca sem cessar: "perdeu", "perdeu..."
No chão, vejo uma pedra, chute perfeito contra a vidraça, bola de canhão que arremesso e apago aquele letreiro, quebrando-o em mil cacos. No escuro, fico em silêncio, ouvindo minha própria respiração e uma voz que dentro de mim lateja em vermelho neon, uma espécie de letreiro no qual leio por mais de três vezes: "ganhei", "ganhei", "ganhei...." Moral da estória: quem lê Drummond sabe muito bem o que fazer com aquela pedra que nos espera no meio do caminho!

P.S. Sentir, morro de saudades de nossas caminhadas....

msm disse...

sou bom de mágica com cartas.
se for na confraternização, prometo treinar umas 5,6 novamente e endoidecer vc.

kisscallme

Iasnara disse...

Fabio, há muito o que andar.

Mauro, sempre suspeitei de cartas na sua manga - antes não literalmente.