- que não nos falte criatividade romântica – disse. e eu pensei nos títulos possíveis pr’aquele encontro (naquela hora, ele poderia quase tudo, menos engolir letras e exalar poesia, isso me abala).

2 comentários:

LB disse...

e quando se pode quase tudo, quem se atreverá a engolir letras e exalar poesia...? :)

Sentir disse...

ai LB, ele, só ele faz justamente o que me abala.

Abração, querido.