À venda

Comercialize o sexo. Seu corpo, sua nudez. Exponha o seu personagem, três, duas ou uma vez. Seja uma garota perversa. Rime comigo, na cavalgada viril. Revele-me o destino, massageando o seu corpo quente. Apresento-lhe o prazer. Venha comigo de uma vez. Você sabe o que fazer. Sua imagem sedutora, neste ritmo veloz. Não tema a pureza. O prazer é libertino e feroz. Pode virar paixão. Que pode virar amor. Sentimento de puta não dá nó. É direto e cumpre o que promete. A felicidade já pregava. Amor de puta não degrada. Eleva e consagra.

Bernardo Almeida

3 comentários:

nunocavaco disse...

Penso que o Bernardo Almeida confunde as coisas. Puta é aquela que recebe dinheiro em troca de sexo. Mulher completa é aquela que assume os seus sentimentos e impulsos.

SENTIR disse...

A "mulher completa" consegue ser santa e ser puta - sem se vender.

alex disse...

AI... AI... AI...
"ELEVA E CONSAGRA"